Série Europa 2013

Série Europa 2013

Esta página serve como índice da Eurotrip 2013, divididos por país (ok, mais ou menos, porque eu preferi deixar Lugano na Itália).

Itália:

Europa – dia 02 – Reveillon em Milão

Europa – dia 03 – Milão day after

Europa – dia 04 – Bate-volta a Lugano

Europa – dia 05 – Último dia, e última ceia, em Milão

Europa – dia 06 – Ida para Florença

Europa – dia 07 – Pelas ruas de Florença

Europa – dia 08 – Bate-volta a Pisa

Europa – dia 09 – Arrivederci Firenze, ciao Venezia

Europa – Piazza della Signoria – Fotogaleria

Europa – dia 10 – Veneza!

Europa – dia 11 – Bate-volta a Murano

Suíça:

Europa – dia 12 – Lausanne

6 comentários sobre “Série Europa 2013

  1. Luiz disse:

    Olá, teu blog é realmente muito bom e rico em detalhes das viagens, Parabéns!!!
    Estou programando minha lua de mel da Europa este ano.
    Queria tua opnião sobre o seguinte roteiro:
    Br -> Lisboa (dia 8/11)

    – Lisboa, 3 dias: 9, 10, 11
    – Veneza, 2 dias: 12, 13
    – Viena, 3 dias: 14, 15, 16
    – Praga, 3 dias: 17, 18, 19
    – Munique , 3 dias: 20, 21, 22
    – Heidelberg, 3 dias: 23, 24, 25
    – Bruxelas , 3 dias: 26, 27, 28, 29
    Bruxelas -> Br (dia 29/11)

    Sendo de Lisboa pra Veneza o unico trecho de avião, de resto a pretensão inicial é o deslocamento de trem. Na maioria das cidades programamos alguns Bate e volta que pelo que andei vendo são bem viaveis. (Ex.: Lisboa -> Fatima, Viena -> Bratslavia, Munique-> Fussen e Bruxelas -> Bruges). O que você acha??? Vai ser muito corrido???

    • ronaldogiusti disse:

      Olá, Luiz, obrigado pela visita e pelos elogios.
      Mesmo sendo uma viagem relativamente longa (21 dias), é bastante coisa pra ver (totalmente possível, mas provavelmente cansativo).
      Quanto aos deslocamentos, não sei se você vai conseguir uma boa opção de trem para Veneza-Viena e para Heidelberg-Bruxelas. Se a viagem durar mais de 5 horas e envolver múltiplas conexões, considere fazer o trecho de avião (www.skyscanner.com é um bom lugar para procurar).

      Heidelberg é uma cidade relativamente pequena para ficar 3 dias, mas não posso dizer que é má idéia ficar três dias numa cidade tão linda. Bruxelas é maior, mas se vocês a esgotarem rapidamente (como aconteceu comigo), dá pra fazer um bate-voltaa Ghent também, além de Bruges.

      Boa sorte na sua viagem!
      Um abraço

  2. Nayara Pinto disse:

    Olá Ronaldo, parabéns pelo Blog e pelas fotos maravilhosas!!!!! Irei para Genebra agora em janeiro (24 a 28) com marido e filhote de 1 ano e meio… Li seus relatos sobre o frio e fiquei super feliz de ver que não pegou chuva. Isso é fantástico!
    Bom, minha grande dúvida é se vc recomendaria o seguinte: para uma estadia tão curtinha e com uma criança pequena (leia “operação de guerra”),
    1. 24/01 – dia de passeio por Genebra (nossa base)
    2. 25/01 – dia conhecer Lausanne, bate e volta
    3. 26/01 – dia de conhecer Chamonix, bate e volta
    4. 27/01 – dia de descanso em Genebra. Pois voaremos bem cedo (7 da manhã) no dia 28.01 para Roma.

    Li que os hotéis dão gratuidade no uso dos transportes públicos. Isso vale para o trecho Genebra > Lausanne e Genebra > Chamonix? ou somente dentro de Genebra?

    Outra dúvida é, onde me hospedar em Genebra por um preço pagável… O hotel Ibis budget, que tem se mostrado o mais em conta, tem os quartos muito muito pequeno para mim q estarei com uma criança… e os outros são inviáveis pro meu bolso…

    Se me permite uma última dúvida, como foi o gasto com alimentação?

    Muito muito obrigada.

    • ronaldogiusti disse:

      Puxa vida, me desculpa responder só agora. Espero que ainda ajude em alguma coisa.

      Seu roteiro é um pouco corrido mesmo, ainda mais com um bebê, mas vai do ritmo de vocês (Chamonix tem transporte fácil a partir de Genebra?).

      O passe de transporte que os hotéis fornecem valem apenas dentro dá cidade, mas veja se Genebra tem esse serviço (Zurique não tinha).

      Genebra é realmente uma das cidades mais caras do mundo, e vai ser difícil conseguir hotel barato. Quando fui, fiz base em Lausanne, que era menos cara.

      Finalmente, a alimentação foi mesmo um problema. Difícil encontrar por preço baixo. No final, resolvemos nossa vida comprando muito em supermercados (Coop, basicamente).

      É isso. Boa sorte na sua viagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s