Despedida

Nunca vou esquecer dos momentos que passamos juntos, das festas, das viagens, dos nasceres e pores do sol. De longe, de perto, na horizontal ou na vertical, nos ângulos mais inusitados você sempre foi ótima. É com tristeza e saudade que me despeço de você, que nunca sequer deixei cair, minha querida companheira!

Nessa vida, tudo passa. E o ciclo da minha querida Rebel Xti comigo está acabando (tava achando que era o quê?). Ela continua funcionando perfeitamente, mas como não é todo dia que se vai à gringolândia e se pode comprar uma câmera nova por preços mais aceitáveis que aqui, achei melhor aproveitar essa oportunidade e trocar de equipamento. Espero que ela entenda e se dê bem com o(a) novo(a) dono(a), dando a ele(a) toda a satisfação que deu a mim.

Junto com ela vai a lente do kit (18-55mm), e num outro pacote vai também uma Canon 55-250mm f/4-5.6 IS e um flash Canon 430 EX. A nifty-fifty (50mm f/1.8) fica comigo de recordação, pra ser usada num novo corpo no futuro próximo. Se ela (na verdade, eu) der sorte, vai ganhar a companhia de uma 60D e uma objetiva Canon da série L.

canon_rebel

Estou vendendo por R$1200, incluindo no pacote a lente do kit (18-55mm), carregador com duas baterias, 2 cartões de memória de 4GB, um cabo usb e filtros UV e polarizador. Já a lente Canon 55-250mm f/4-5.6 IS eu estou vendendo por R$600,00. O flash por R$650,00.

EDIT: A câmera e a lente 55-250mm já foram vendidas. Ruim que ficarei sem câmera até março. mas bom porque terei grana pra comprar uma nova!

Villa Mango

Amigo, se você quer impressionar a sua digníssima e tá com algum sobrando (e tem alguma data importante pra comemorar a dois), pode apostar que a Villa Mango é uma das melhores escolhas que você pode fazer. Em uma das pontas de uma bela praia na ainda isolada Icaraizinho de Amontada, a pousada conta com apenas 6 bangalôs e só faz reserva a partir de duas diárias. Eu mesmo encrenquei com essa exigência, mas depois dei razão ao dono. A experiência, mais a distância pra Fortaleza pedem duas diárias mesmo.

A pousada/hotel tem ainda algumas (duas?) suítes acima da recepção, mas se você já tá indo pra lá, abra a carteira e fique num bangalô. Boa parte deles tem jacuzzi privativa, além de rede na varanda, cama king-size e… e isso é tudo o que você vai precisar lá.

Não é preciso sair de lá pra nada (é bem capaz de você não querer sair). O café da manhã é MUITO, muito bom, e o restaurante tem boas opções a preços não muito módicos. O dono nos sugeriu o polvo mediterrâneo, mas eu sugiro mesmo o salmão crocante. O resto do cardápio é apenas ok, na minha opinião.

A Villa Mango (e Icaraizinho de maneira geral) é também boa opção pra quem gosta do quase onipresente (no litoral cearense) kitesurfing. Existe uma escola bem ao lado. Ah, e também é possível alugar caiaques e bicicletas (uma parte da faixa de areia não é fofa, então tranquila pra andar de bike).

Existem vários passeios que podem ser feitos a partir de lá, mas eu sequer tive curiosidade de olhar as opções e preferi aproveitar a estrutura e conforto do lugar.

Caramba, lendo tudo que escrevi sobre o lugar, acho que esses caras deveriam pelo menos me dar um desconto pelo merchã, hein?

Nos próximos meses devo dar uma parada nas viagens, curtas ou longas. Mas eu só faço isso porque existe uma viagem maior ainda, já marcada, mas ainda em planejamento. E é preciso ter grana pra fazer essas coisas, né?

Até.

Icaraizinho de Amontada

Há algum tempo eu já dava o litoral cearense por conhecido. Na verdade, tão conhecido quanto possível para quem não pode percorrê-lo num 4×4, literalmente pela areia. É claro que eu estava errado…

Icaraizinho de Amontada

Por ocasião das nossas bodas de papel (um ano), estávamos a procura de um lugar especial pra passar o fim de semana imediatamente posterior à data (27/out), mas como só tínhamos o sábado e domingo não podia ser nada longe demais.

Nessa busca acabamos reservando a Villa Mango, que fica em Icaraizinho de Amontada, 190km a oeste de  Fortaleza, e que nenhum dos dois conhecia (eu nunca tinha ouvido falar). A maioria das pessoas (daqui e de fora) para em Flexeiras/Mundaú, ou passa direto e vai pra Jeri. Talvez justamente por causa disso esse lugar se torne mais especial, porque é como se fosse um canto escondido e preservado (de muvucas) nesse litoral tão profissionalmente explorado.

É bem verdade que as circunstâncias da viagem e a excelente estrutura da Villa Mango acabaram fazendo com que a gente só conhecesse aquele pedacinho quase privado de praia, com belo recorte, cataventos ao fundo e kite-surfers decorativos no mar. Mas quem precisa de mais?

A quantidade de buggies que vi foi muito menor do que em qualquer outro ponto do litoral cearense e, exceto por um pequeno trecho de praia usado pelos locais (e sua, digamos, música), a orla dessa pequena praia é preenchida basicamente por casas e pequenos condomínios de endinheirados.

Fiquei feliz em conhecer esse lugar, não só por ele, mas também porque agora sei que ainda é possível encontrar bons lugarezinhos escondidos por aí, mesmo com 7 bilhões disputando o espaço!

Pra chegar lá basta pegar a CE-085 (Estruturante) até a entrada sinalizada de Icaraizinho de Amontada. No próximo post falo um pouco sobre a Villa Mango, já devidamente resenhada no Tripadvisor, que vale muito a pena conhecer também.

Até.

Lagoinha – se for pra almoçar…

Até já tinha comentado brevemente em outro post (sobre o litoral oeste do Ceará), mas como voltei a Lagoinha recentemente pra levar um casal amigo que ainda não conhecia, resolvi falar sobre ela de novo, já que conheci um pouco melhor.

Ao contrário da primeira vez que fui, o dia estava completamente sem nuvens e com aquele vento miserável aquela brisa típica dessa época do ano, perfeito para enfim constatar toda a beleza do lugar, tão propagandeada por aqueles que a vendem como “a 2ª Jeri”. Menos, muito menos.

Não há muito o que fazer além das atividades que você normalmente encontra em outras praias, mas em Lagoinha deve-se começar pelo mirante, de onde se tem um (de fato) belo visual. E lá mesmo começam a te abordar oferecendo passeios. O da vez era um de quadriciclo, que acabamos fazendo, mais pela novidade do que achando que seria melhor. E não foi, porque obviamente não soubemos nos aventurar adequadamente pelas trilhas mal sinalizadas da região. Ainda assim, pela novidade…

Amigos, ou eu estou perdendo alguma coisa muito relevante ou não tem jeito: Lagoinha é suja e mal frequentada (nas fotos não parece, mas é porque me afastei o suficiente, e sou bom). Existem outras de beleza similar, mas com a vantagem de melhor estrutura, público e mesmo distância da capital.

Então, pra quê se mandar pra lá? Eu não sei, mas se você for mesmo assim, ou ainda melhor que isso, se estiver de passagem por aquelas bandas (indo ou voltando de Jeri, Mundaú ou Flexeiras você passa na entrada), tem uma coisa que vale muito a pena: almoçar no Full Xico!

Full Xico

Ambiente rústico, bom atendimento e cardápio feito à mão, com direito a comentários dos clientes anteriores no próprio cardápio. Eu até li, por acaso, uma dica do marido de uma colega de trabalho que estava escrita lá! Isso é que é rede social… e o mais importante, a comida é excelente (com preço justo), daquelas que você fica lembrando depois e viram referência no seu, digamos, imaginário gastronômico.

Então, uma vez na sua vida, vá no Full Xico. Se não fosse tão longe eu iria toda semana!
(deu uma vontade comer aquele peixe agora… droga, são 110km de distância…)

Dia Mundial da Fotografia

E hoje, 19 de agosto, é o dia mundial da fotografia. Pelo menos é isso que sugerem os “trending topics” do twitter. Então, vou aproveitar que eu “trabalhei” esse fim de semana e postar algumas fotos novas.

O que fazer quando você já foi a algum lugar muitas vezes e não sabe mais o que fotografar? Comece dando mais atenção aos detalhes…

Ou então redescubra o que você achava que já conhecia totalmente. Explore novos ângulos e novas técnicas…

Mesmo assim, acho que não quero mais voltar à praia das fontes e morro branco (por um bom tempo). Tá na hora de eleger um outro lugar padrão pra levar nossos convidados.

Fotografe!