Londres

Uma nova Eurotrip!

Depois de mais um ano trabalhando pra caramba, retornei ao velho continente pra uma nova Eurotrip. Uma viagem, pelo menos pra mim, mais desafiadora que de costume. Dessa vez éramos um grupo de quatro pessoas, cujas expectativas e interesses eu tive que administrar, já que todo o roteiro ficou de novo por conta da Giusti Tur (um dia ainda vou fundar essa empresa). E apesar dos 20 dias de viagem, foi um roteiro muito denso e corrido, porque envolvia 5 capitais (Londres, Paris, Barcelona*, Madri e Roma) e mais deslocamentos de avião do que eu gostaria (embora inevitáveis).

Não raro eu precisava ficar acordado até um pouco mais tarde pra pesquisar e acertar detalhes do roteiro do dia seguinte, já que eu não o detalhei o suficiente antes da viagem, mas no final deu tudo certo. Enquanto eu não coloco ordem na casa (leia-se 1500 fotos pra editar) e tomo coragem pra postar o dia-a-dia dessa viagem, vai aí pelo menos um aperitivo de como foi.

Londres foi a primeira cidade, e quase quatro anos depois da última visita, ela conseguiu ser ainda melhor. Uma metrópole com mais de 8 milhões de habitantes ser tão limpa, bonita, organizada, com moradores tão educados, enfim, funcionar tão perfeitamente, é coisa raríssima. Tente lembrar de outra cidade desse porte que tenha essas qualidades… você não vai achar!

Ao contrário da primeira vez, quando Londres foi o último destino e nós, cansados, resolvemos apenas passear quase a esmo, em slow travel, dessa vez a gente imprimiu um ritmo frenético e conheceu vários lugares novos. Teve Harry Potter, troca de guarda, Notting Hill, parques e demos mais atenção aos museus do que da vez anterior (mas não tanto quanto alguém que gosta de museus). Londres foi um grande sucesso, mais uma vez.

Londres
Londres

O mesmo eu já não posso dizer de Paris que, vá lá, não é das mais amigáveis, principalmente aos não iniciados, mas dessa vez estava suja, caótica, antipática e cara, muito cara. O charme ainda estava lá, a beleza arrebatadora também, mas a sensação que ficou foi de um certo abandono, um desleixo imperdoável quando se fala da cidade mais bonita do mundo (em beleza construída). Mas tudo isso eu falo no “padrão Europa” de exigência, claro. Eu ainda volto lá, com certeza, porque Paris sempre merece uma segunda chance, mas dessa vez foi para os fortes.

Torre Eiffel - Paris
Torre Eiffel – Paris
Louvre - Paris
Louvre – Paris

Barcelona, a terceira parada da viagem, foi uma grata surpresa. Ensolarada, do jeito que eu imaginava, e com um astral de cidade praiana muito legal de ver e sentir (ui!). Foi bom também dar um tempo na carestia de Paris, já que essa foi a cidade mais barata. Nas sacadas, dezenas de bandeiras da Catalunha, e não da Espanha, deixando bem claro de onde eles se sentem parte. Ganhou minha simpatia imediata :-). Turisticamente, porém, vive quase exclusivamente das obras de Gaudí, apesar de existirem outros expoentes do modernismo na cidade, e achei os 3 dias que passamos lá suficientes pra conhecer o básico.

Park Guell - Barcelona
Park Guell – Barcelona
Parc de la Ciutadella - Barcelona
Parc de la Ciutadella – Barcelona

Apesar de maior que Barcelona, Madri, nossa segunda cidade na Espanha, e quarta da viagem, pareceu oferecer menos que a rival do norte, pelo menos para o nosso perfil de viajante (a vida noturna, que quase não curtimos, deve bombar), e fizemos quase tudo em um dia (fãs de Madri, se juntem aos fãs de Buenos Aires, e me julguem). Ainda assim, tivemos momentos marcantes como o show de dança flamenca e o bate-volta a charmosa Toledo.

detalhes de Madri
detalhes de Madri
prefeitura de Madri
prefeitura de Madri

Por fim, mas não menos importante, Roma. Sabe aqueles lugares em que você chega e booom!, a beleza escancarada da cidade transborda os seus sentidos e suas expectativas? Roma é uma covardia. É bonita como Paris e ensolarada como Barcelona, quer mais? O Museu Vaticano é o mais legal que eu já entrei e a Basílica de São Pedro manda um beijo no ombro prazamigas invejosas. Em menos de 2 dias já tinha lugar cativo no meu top 5 de cidades que eu mais acho legais nesse mundo. Mas e o trânsito caótico, a sujeira e a falta de educação? Muito menos do que eu imaginava. Achei a cidade limpa e o trânsito pesado, mas não caótico. O metrô é mesmo ruim, mas é difícil expandir o metrô quando se acha um tesouro arqueológico a cada escavação. Já a falta de educação não tem jeito, estamos na Itália. Quando eu voltar, pode ter certeza de que eu vou aprender antes alguns xingamentos em italiano.

Rio Tevere - Roma
Rio Tevere – Roma
Basílica de São Pedro
Basílica de São Pedro (a foto não faz justiça ao lugar)

Bom, foi mais ou menos isso, e, se eu tiver energia e tempo, pretendo mais uma vez blogar toda essa viagem com maiores detalhes, e uma fração dessas 1500 fotos.
Até!

* Barcelona é a capital da Catalunha

Anúncios

2 comentários sobre “Uma nova Eurotrip!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s