Europa – dia 16 – Jungfrau Region, o paraíso de inverno!

Se você leu o post anterior, sabe que na chegada a Interlaken fechamos um pacote com aula de esqui. Esse pacote incluía transporte até o local das aulas (ida e volta), meio-dia de aulas particulares para iniciantes e o aluguel dos equipamentos e das peças de roupa necessários (minha jaqueta comprada na Decatlhon servia pra esquiar, e as luvas que ganhei da minha irmã também!).

Interlaken amanheceu, contrariando as previsões da recepcionista do hotel, debaixo de neve forte 😀 ! Por volta de 7:30h da manhã passamos na Outdoor Interlaken, que ficava a 100 metros do nosso hotel, pra pegar os equipamentos, calçá-los (se você nunca usou uma bota de ski, vai precisar de ajuda pra calçar), e aguardar no ponto o ônibus que nos levaria a Grindelwald, mais precisamente a Bodmi, onde ficava a nossa pista.

Bodmi, Jungfrau Region
Bodmi, Jungfrau Region


Andar com aquelas botas, e carregando um par de esquis (dois pares, contando o da Tati), é uma arte que não sei se consegui dominar, mas consegui chegar no ponto, entrar e descer do ônibus e caminhar de novo até fincar os esquis na espessa camada de neve acumulada, pouco depois de sermos apresentamos ao nosso instrutor, cujo nome esqueci, mas que foi muuuuito paciente com pessoas que esquiavam pior que uma criança de 4 anos (pelo menos as crianças de 4 anos de lá).

Fazia -7ºC, mas ainda assim resolvi abrir mão da camada de fleece e ficar só com a segunda pele e a jaqueta, já que a atividade física não me deixaria congelar. O instrutor passou algum tempo nos dando os comandos mais básicos pra gente se manter em pé naquela coisa, até que finalmente começamos a esquiar de verdade. Ok, quase isso, mas deu pra sair do lugar. Tati teve uma dificuldade enorme com o equipamento, que era pesado pra ela, e não evoluiu muito. Já eu consegui ser “promovido” a subir na esteira rolante que levava ao alto de um pequeno monte, não muito íngreme. Lá de onde as crianças de 4 anos desciam com a desenvoltura de quem nasceu fazendo aquilo.

Pista de esqui
Pista de esqui nível super iniciante

Não vou ficar aqui descrevendo detalhadamente a minha experiência, mas foi uma das mais divertidas da minha vida, com certeza! Espero que eu não tenha esquecido como fazer as coisas, porque eu vou querer repetir a dose algum dia. Só que mais provavelmente na América do Sul, que tem custos bem menores.

Não demorou muito e terminou nosso tempo com o instrutor, e já era hora do almoço. Em frente à pista de esqui havia um hotel/restaurante, onde comemos nosso primeiro prato típico desde que pisamos na Suíça: batata rösti! Tava bom e o preço era razoável para padrões suíços.

Passado o almoço, ainda tínhamos direito a usar aquela pista super iniciante no período da tarde, e o nosso transporte de volta estava marcado para umas 4 da tarde. Tati não se animou a continuar (exausta de carregar aquela tralha), mas eu tava que nem uma criança com brinquedo novo. Depois de gastar uns 20 minutos tentando recolocar os esquis (sério), fiquei o resto da tarde subindo a esteira e descendo a ladeira, cujo tamanho só permitia uma pequena curva pra esquerda e outra pra direita, os dois movimentos que eu aprendi (além de frear) e fiquei praticando, no meio de um monte de pré-adolescentes que invadiu a pista à tarde. Até atropelei alguns na saída da esteira… 😉

Bodmi, Jungfrau Region
Bodmi, Jungfrau Region

Bodmi, Jungfrau Region
Bodmi, Jungfrau Region

Bodmi, Jungfrau Region
Bodmi, Jungfrau Region

Quanto ao clima, nevou a manhã toda, e só à tarde deu pra ver um pouco da cadeia de montanhas que nos cercava. Aquela pista era só a portinha de entrada do incrível complexo que é a Jungfrau Region. Existem dezenas de pistas para todos os níveis de experiência, e deve ser muito legal se hospedar ali, na cara do gol, se o objetivo for esquiar todos os dias (ou fazer outros esportes). As cidadezinhas por ali nem parecem de verdade, mas são. No entanto, escolhemos Interlaken pela melhor estrutura, clima e conexão com outras cidades. E também porque só foi possível esquiar naquele dia. É o preço que se paga pra estrear no esporte logo num dos lugares mais caros pra fazer… qualquer coisa.

Jungfrau Region
Mapa da Jungfrau Region. fonte: http://jungfrauregion.ch/

Bodmi, Jungfrau Region
Bodmi, Jungfrau Region – Teleférico para outras pistas

Bodmi, Jungfrau Region
Bodmi, Jungfrau Region

Bodmi, Jungfrau Region
Bodmi, Jungfrau Region

Grindelwald - Interlaken
Grindelwald – Interlaken

Grindelwald - Interlaken
Grindelwald – Interlaken

Na volta, era tanta neve que tinha gente voltando pra casa (ou pro hotel) esquiando pela rua. Nós chegamos de volta em Interlaken e devolvemos os equipamentos. Tirar aquelas botas foi a segunda melhor coisa do dia 🙂

Exaustos, jantamos no pub embaixo do nosso hotel, mais uma vez com ótima comida bem calórica e cervejas de nomes impronunciáveis. Eu sei porque eu tentei, pedi pro garçom repetir três vezes e eu não conseguia nem imitar.

Era o tipo de dia que a gente tava precisando pra passar a viagem de “boa” para “fantástica”! Apesar disso, no dia seguinte demos uma quebrada no “clima montanha” pra visitar Berna, a capital da Suíça. Originalmente faríamos isso apenas na ida pra Zurique, mas a validade do nosso Swiss Pass tava acabando, então tivemos que mudar os planos.

No próximo post eu conto como foi.
Até!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s