Europa – dia 10 – Veneza!

Depois de um noite bem dormida no excelente hotel Antiche Figure, acordei lembrando que, dada a quantidade de neblina na noite anterior, ainda não tinha visto “a cara” de Veneza. Essa lembrança foi imediatamente seguida pela alegria de saber que tínhamos um quarto com vista para o Grande Canal. Corri pra janela e pude contemplar pela primeira vez o trânsito na “avenida principal” da cidade.

Veneza
vista do nosso quarto 🙂


Uma boa hora se passou até que a gente vestisse todas as camadas de roupa necessárias, tomasse café e saísse pra explorar Veneza. Apesar de todo o transporte lá ser feito sobre a água, existe uma espécie de rua principal, muito maior do que eu poderia supor, repleta de comércio e turistas. Resolvemos seguir por ela, com destino a famosa Praça de San Marco. Por toda a cidade existem placas indicando a estação de trens, a Ponte Rialto e a própria praça, então mesmo que você se sinta completamente perdido naquele labirinto de ruelas (e você se sentirá), uma hora você chega, se seguir as placas.

Grande Canal Veneza
Grande Canal de Veneza
Gôndola Veneza
Gôndola em Veneza
Veneza

Canal em Veneza

No meio do caminho, porém, não resistimos à tentação e fizemos o clássico e romântico passeio de gôndola. O gondoleiro era muito simpático e ia nos contando histórias de Veneza enquanto conduzia vagarosamente a posuda embarcação, num trajeto que passou pelo Grande Canal, pela Ponte Rialto e por alguns canais bem pequenos, por baixo de pontes com altura suficiente apenas para o gondoleiro mesmo.

O passeio, apesar de curto, foi divertido, e só ficamos com um pouco de medo quando o gondoleiro começou a repetir exatamente a mesma história que ele havia acabado de contar (sobre o fato de as crianças ficarem felizes na acqua alta, porque não precisariam ir pra escola). Acho que o cara entrou em loop, mas pelo menos o passeio acabou numa boa e ele ainda se ofereceu pra tirar fotos nossas na gôndola, que ficaram muito boas!

Canal em Veneza

Gôndola Veneza

Ponte Rialto
Ponte LOL (Rialto, entendeu? Não? Ok…)

Acabado o passeio, continuamos nossa caminhada até a Piazza San Marco, que nos recebeu com seus muitos turistas e muitos pombos, num bonito entardecer, mas infelizmente a Basílica de São Marcos estava com metade da sua belíssima fachada em obras.

Seguimos margeando o Palazzo Ducalle, obervando as construções nas ilhotas próximas e o movimento de embarcações de/para elas. Algum tempo depois fizemos o caminho de volta, dessa vez “por dentro”, usando ruelas e becos ao invés da “rua principal”. Cada um desses lugarzinhos merecia uma foto, mas resolvi deixar alguns deles apenas na (minha) memória mesmo.

Praça San Marco
Praça San Marco

Praça San Marco
Praça San Marco

Basílica de São Marcos
Basílica de São Marcos em obras

Veneza

Veneza

Veneza

Depois de voltar pro hotel e descansar um pouco, saímos novamente à noite pra fazer um lanche, comprar cartão de memória (afinal não era nem a metade da viagem e eu já estava quase sem espaço), e tirar umas fotos noturnas naquele lugar mágico (e um pouco sombrio à noite também, eu achei). Seria nossa última noite em Veneza, e na Itália.

Veneza

Veneza

Veneza

No dia seguinte fizemos um passeio até Murano e partimos para a Suíça, mas isso eu conto no próximo post.
Até.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s