Nova York – Dia 08

Tá difícil manter um ritmo de posts dessa série, mas vamos nós…

No dia anterior começamos a explorar a parte sul da ilha de Manhattan, mas não o suficiente pra chegar  no Financial District, o que deixamos pra fazer junto com a travessia da ponte do Brooklyn, e assim como no dia anterior pegamos o metrô, em vez de caminhar (maraturismo tem limite). Descemos na Clark street, demos uma olhada  rápida no Brooklyn War Memorial, onde muitas crianças brincavam, e começamos a seguir as placas rumo à famosa ponte, mas o primeiro objetivo não era ela.

Assim como Niterói, o que o Brooklyn tem de mais interessante, pelo menos para os turistas, é a vista!

O skyline


Muitas fotos depois fomos procurar uma entrada para a ponte, o que geralmente você consegue encontrar seguindo o fluxo de turistas, mas ainda assim precisamos pedir informação na rua. Atravessamos a ponte debaixo de muito sol no inverno mais fake que eu já vi: 22°C! Na travessia, fica a dica de prestar atenção à faixa de pedestre e de ciclistas, porque muita gente fica bobeando na faixa errada e leva fino de ciclistas apressados.

Brooklyn Bridge

De cima da ponte você tem acesso a vários ângulos bacanas da cidade que nunca dorme

estátua da Liberdade

Brooklyn Bridge

Chegando ao final da ponte (lado Manhattan, no nosso caso) você já vai entrando no clima do Financial District e do Ground Zero (e das novas torres que já estão subindo). É razoavelmente complicado andar nessa parte da cidade, que foi a primeira a ser habitada e, por isso, não teve o planejamento do resto da ilha, então as ruas, além de não serem numeradas, são muito… emaranhadas.

Com um pouco de esforço, e mapas, é possível encontrar o ground zero (se você vier de metrô, tem uma estação lá). Tem todo um climão por conta do atentado de 11 de setembro, mas pra entrar no museu e no memorial é preciso pagar, afinal de contas capitalista que se preza tem que lucrar até com a própria desgraça. Como aquilo não significa pra mim o que significa pra eles, embora eles tentem o tempo todo sugerir que foi um atentado contra a “humanidade”, não me dispus a pagar.

as homenagens aos bombeiros e policiais mortos no resgate

uma das novas torres

Pra quem quer fazer compras (todas as mulheres), a Century 21 fica em frente ao Ground Zero, e muita gente se acotovela por lá em busca de boas ofertas, é o que todos dizem. Não entramos. Demos ainda uma passada rápida na estação do Staten Island Ferry, que faz o trajeto para err… Staten Island, e o interessante é que esse ferry passa perto da ilhota onde fica a Estátua da Liberdade, e é de graça! Não fizemos, mas recomendo, porque deve render boas fotos.

Depois disso, partimos pra uma zona (opa) que nos interessava mais: Financial District. Na “porta”da NYSE haviam 3 bandeiras: uma dos EUA, uma do Brasil e uma do Bradesco, porque agora nós estamos por cima da carne seca, entendeu? Mas fiquei sem saber o motivo dessa “presença”.

Continuamos andando, vendo o movimento de executivos engravatados e passamos ainda pelo Federal Reserve, o Banco Central deles, e pelo Bowling Green,  o famoso touro que simboliza o mercado em alta.

Bowling Green

A bolsa de NY

Financial District

Já era quase final de tarde e voltamos pro hotel, novamente de metrô. À noite demos um pouco de moral à vizinhança do nosso hotel, a Times Square, mas as fotos eu deixo pra um outro post. O mapa desse dia não é lá muito preciso, mas foi mais ou menos por onde andamos, somando mais uns 5km pra conta geral da caminhada. A ordem dos lugares onde fomos pode ter sido essa. Ou não.

E assim acabou nosso 8º dia em Nova York.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s