O momento mágico do click

professor PM infiltrado carrega PM ferido em SP – foto: Clayton de Souza

São muitos os fatores que me fazem gostar tanto de fotografia, mas talvez o mais marcante deles seja o fato de se poder eternizar um momento.

Existe a televisão e existe o cinema, que têm todos os recursos pra fazer o registro completo de um fato. Por que então uma fotografia (um frame) ainda faz tanta diferença?

Isso é o que vou chamar, from now on, parafraseando sempre meu amigo Cláudio Pinheiro, “o momento mágico do click”, o instante preciso em que a cena registrada estará incrivelmente cheia de significado, que pode sintetizar um momento, um dia, uma década, uma vida, um país, em um frame.

Aquela foto que te faz sorrir instantaneamente, brilhar os olhos, engolir seco, chorar, compreender. Aquela que realmente vale mais de mil palavras. Por trás dela, provavelmente existe um fotógrafo (profissional ou ocasional) muito feliz em ter apertado o disparador.

O momento mágico do click que ilustra o post, do fotógrafo da Agência Estado Clayton de Souza, sintetiza o caos, o tratamento dado pelo governo do estado de SP aos professores, e mostra que o culpado não está na cena, mas em uma confortável cadeira em seu gabinete, aspirando o Planalto, mas aí já é outra história

EDIT 1: ao que parece o buraco é mais embaixo no que se refere à história dessa foto. Foi apurado, depois de amplamente divulgado com a informação incorreta, que o homem que carrega a policial ferida é na verdade um policial infiltrado à paisana no movimento grevista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s